Não sei o que tenho

Cristo Rei

Hoje não sei o que tenho, sinto um arrepio de prazer que me
percorre a espinha e me distrai, dou comigo longe com um sorriso,
meio estúpido, meio inocente, estampado no rosto, enquanto no
lugar dos pensamentos, batem forte duas asas, soltas e
despreocupadas em direcção a ti. E mesmo que não percebas,
talvez por ser tão puro, talvez porque as minhas mãos que
amam sejam leves, neste momento estou junto a ti, acariciando
cada pedaço do teu corpo, sentindo cada pulsação de vida, que
é tua mas que a mim, alimenta todos os sonhos.

3 comentários:

  1. era bom se fosse possivel comunicar sem nada dizer,tranmitir emocoes ,estados de alma....

    ResponderExcluir